Faça a Ansiedade Desaparecer e Espalhe Boas Energias com Incenso de Lavanda

Ansiedade e estresse são alguns dos problemas mais comuns entre as pessoas em todo o mundo. Embora muito comuns, podem levar à consequências perigosas. Existem muitas causas para o estresse, e ele é inevitável. No entanto, é possível gerenciá-lo. Já a ansiedade, é a forma mais comum de doença mental nos Estados Unidos e os casos são cada vez mais recorrentes.

De acordo com as estatísticas publicadas no site da Anxiety and Depression Association of America, cerca de 18% dos adultos americanos estão lutando contra a ansiedade. Um dos motivos que influencia a doença é a energia negativa que envolve nosso ambiente.

O Ambiente Pode Afetar Suas Emoções e Sua Mente

Não se pode negar que alguns dos fatores que levam ao estresse são inevitáveis. No entanto, modificar as energias que o cercam pode melhorar essa condição. Às vezes, focar demais as notícias negativas na televisão por exemplo, pode fazer com que elas entrem em sua mente. Então evite pensar muito ou ficar perto de assuntos negativos.

Neste artigo, vamos ensinar como fazer um incenso natural de alfazema (lavanda) e sálvia, que ajuda a reduzir a energia negativa ao seu redor e ansiedade. Apesar de não ser um método comprovado cientificamente, foi muito usado na história para reduzir a ansiedade e depressão.

A lavanda é muito conhecida por suas propriedades medicinais calmantes. Pode melhorar a saúde respiratória, sistema digestivo, imunidade, e pode igualmente ajudar a reduzir a ansiedade e depressão. É também uma das maneiras de melhorar a memória.

Como Fazer um Incenso?

Reúna as ervas aromáticas que preferir, com talos, flores e folhas. É preciso utilizar ervas já secas. Pra isso corte as pelo talo, no tamanho que desejar, e pendure-as em local seco e escuro até que sequem. Para fazer o incenso que combate as energias negativas e depressão use as seguintes ervas:

  • Flores de lavanda.
  • Cedro
  • Alecrim.

Agrupe todos os ramos, deixando o alecrim mais para o centro e amarre-os com fios de algodão. Comece fazendo um nó no início de cada talo e enrole entre 3 a 4 vezes até o final dos ramos agrupados, dando um último nó. Faça isso quantas vezes achar necessário, até que as folhas fiquem bem presas. Folhas maiores precisam de menos voltas e fios, enquanto nas menores pode ser preciso dar várias voltas até que fique bom.

Mais visitados: