As 10 Mentiras Mais Compartilhadas na Internet

A internet teve seu início no Auge da Guerra Fria, mas não faz muito tempo que ela se transformou no que é hoje. Já a mentira existe desde que o mundo é mundo e não podemos datá-la. Porém, apenas recentemente estão pesquisando sobre o compartilhamento de mentiras na internet.

No Brasil as 10 notícias falsas mais compartilhadas, totalizaram em 8,7 milhões de compartilhamentos. Já as verdadeiras, tiveram um total de 7,3 milhões.

Você deve estar querendo culpar pessoas tipo aquele seu tio, que acredita em tudo que ouve. Ou aquela vizinha fofoqueira, que fala de todo mundo e inventa histórias absurdas. Você pensou até no seu amigo desligado, que compartilho uma notícia do Sensacionalista, achando que era verdadeira.

Mas calma lá, os motivos não são bem esses. Veja só: Se eu lhe disser que descobriram a cura do estrabismo? Basta pingar nos olhos algumas gotas de vinagre de maçã diluído em água, 3 vezes ao dia, durante alguns meses. É provável que você acredite. Ma sinto lhe informar meu caro, se você for estrábico, o máximo que isso vai resultar é em muita ardência e irritação.

Por que isso acontece?

Existe uma explicação científica para isso, o cérebro primeiro processa as informações como verdadeiras e só depois as refuta. Nos somos programados para aceitar tudo como verdade.

Nosso cérebro é preguiçoso e recusar algo é um processo cognitivo que exige mais esforços. Quanto mais informações recebemos de uma vez só, maior a tendência de acreditarmos nelas. O Facebook é o cenário perfeito para que isso tudo ocorra, afinal são compartilhadas mais 5 bilhões de postagens por dia.

Junte isso com a imprensa que ganha rios de dinheiro com textos falsos. Uma história fictícia tende a ser muito mais envolvente e chocante que a verdade. O internautas leem, acham interessante e compartilham sem nem checar a fonte. Já comprovaram também que as pessoas tendem a compartilhar mais notícias que reforcem  a sua maneira de pensar, mesmo que falsas.

As 10 Mentiras mais Compartilhadas na Internet

Mas vamos ao que interessa, saber as falácias mais compartilhadas nas redes. Fique longe delas e só compartilhe coisas de sites e fontes confiáveis. Sempre que ler um título muito sensacionalista, desconfie!

Conheça as lorotas mais contadas por aí:

1.      Descobrir Quem Bisbilhota seu Facebook

Lembra da época do nosso querido e falecido Orkut? Lá existia um recurso que dava para descobrir quem bisbilhotava seu perfil. Era dois lados da mesma moeda: você descobria quem estava xeretando, mas poderia ser pego no flagra.

Vários aplicativos e sites prometem ensinar e facilitar uma maneira de descobrir quem visita seu perfil do Facebook. A lista de contatos que eles fornecem nada mais é que apenas os amigos com quem você mais tem contato.

Mesmo que você seja um super hacker e consiga penetrar a base de dados do Facebook, você irá se decepcionar. Afinal nem o próprio site guarda esse tipo de dados. Você vai continuar na curiosidade, pelo menos até que decidam inventar uma nova ferramenta do tipo, ou você descubra como usar uma bola de cristal.

2.      Aviões que Soltam Veneno no Ar

Existem boatos que  o governo contrata aviões para soltar veneno no ar que a população respira. O objetivo disso? Matar diversas pessoas e evitar a superpopulação.

Essa dá pra ver na cara que é história para boi dormir, mas acredite se quiser: foi muuuuito compartilhada por aí. Teve até um documentário em 2010 de “desmascarava” o governo.

Os rastros brancos no céu nada mais são que a condensação do ar quente que sai das turbinas. A história surgiu em 1996, quando estudavam “A manipulação do Clima em 2025“. O objetivo era fazer chover em território inimigo. A técnica é usada até hoje em épocas de seca. Jogam iodeto de sódio nas nuvem, porém é um método pouco eficaz.

3.      Miojo Faz Mais Mal que Maconha

O boato surgiu com uma pesquisa realizada por James Huck publicada no Journal of Nutrition. Diziam que ela foi feita com 50 pessoas que consumiram maconha diariamente e outras 50 que comeram miojo com a mesma frequência. No final constatou que os comedores de miojo tiveram 12% de redução na atividade cerebral, contra 2% dos que fumaram a ervinha sagrada.

Acontece que o Huck nunca existiu, e o Journal of Nutrition nunca publicou tal matéria. A verdade é que o miojo contém muito sódio. Sim, faz extremamente mal para a saúde, mas não afeta em nada o cérebro.

4.      Nutella dá Câncer

A Agência Européia de Segurança Alimentar publicou uma pesquisa constatando que o óleo de palma aquecido à 200° libera substâncias cancerígenas. A deliciosa e inocente Nutella, que contém o popular azeite de Dendê na fórmula, foi alvo de boatos.

Acontece que tudo não passou de um grande equívoco. Afinal, para ser feita, Nutella nem precisa de calor. Mas a mentira teve um repercussão tão grande, que até a Barilla anunciou que pararia de usar ingrediente nos seus produtos. Para quem não sabe, a Barilla é uma grande empresa de macarrão . Eles são donos da metade do mercado italiano no ramo e usavam o ingrediente em suas fórmulas.

5.      Existe uma Planta que Cura mais de 300 Doenças

Usada para desde o tratamento de conjuntivite e até Câncer, a Moringa Oleifera era o segredo de longevidade de Fidel Castro. A planta indiana era usada no tratamento de pacientes com AIDS na África e fazia milagres.

Parece bastante promissor, mas nada até agora foi comprovado. A planta ainda está sendo estudada. Em 2016 foram publicados 216 artigos sobre ela. Não se recomenda a auto-medicação, pois não se sabe a dosagem máxima tolerada. Ela pode ser tóxica em altas quantidades e o maior milagre que pode acontecer é você chegar no portão dos céus. Então tome muito cuidado e consulte sempre um médico.

6.      Seria o Chester, um Monstro Horripilante?

O famoso prato principal da ceia de Natal foi criado pela Perdigão, que nunca deixou que o fotografassem. Então surgiu o mistério e milhões de possíveis explicações. Uma delas é que a criatura era o Frankstein das aves.

Porém nada disso é verdade. Chester nada mais é que um gallus gallus, criado pelo homem desde 15 aC. O que acontece é que cruzaram as aves mais robustas e foram nascendo galinhas mais “fortinhas”.

A diferença (além do tamanho) é que os frangos são abatidos com 42 dias, o Chester entre 49 e 56 dias de vida. Quanto mais saudável forem, melhor para o produtor que não precisa comprar medicamentos.

7.      Um Asteróide Destruirá a Terra em 2036

O boato surgiu em 2004, quando foi descoberto o Apophis. Era um meteoro que se aproximava da Terra e poderia atingí-la.

Se você é do tipo que odeia o mundo e a sociedade, sinto informar que tudo vai continuar do jeito que está. O máximo que você pode fazer é rezar para Alienígenas existirem e te abduzirem para outro planeta. Os cálculos iniciais da NASA mostraram que o meteoro tinha apenas 2,7% de chances de atingir a Terra.

Alguns anos se passaram, os cálculos foram refeitos e mostraram que a chance é menor ainda: 0,002%. Porém hoje já se sabe que o Apophis passará pelo 20 milhões de Km daqui. Isso é 52 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

Agora se você é Good Vibes e ama a vida como ela é, já pode relaxar e brindar com os amigos. A Terra vai ficar no lugarzinho que está, pelo menos pelos próximos anos.

8.      RedBull Contém Esperma de Touro

Provavelmente você torceu o nariz quando soube da notícia. Deve estar se perguntando: que [email protected]%%# é essa? Mas calma, o fato é que a Taurina é encontrada sim no sêmen de Touro. É um componente encontrado na bile do fígado do bichano, como também em peixes e leite materno.

Para usar o aminoácido na forma natural, seria necessário 20 bilhões de fígados de touro, para produzir as 62 bilhões de latas já vendidas. Isso ficaria bastante inviável comercialmente. Acontece que a Taurina foi isolada pela primeira vez em laboratório no ano de 1827. Hoje ela é produzida artificialmente para fabricar o líquido que te dá asas. Ia ser muita sacanagem usar esse logo, se tivessem mesmo o ingrediente “especial”.

9.      Já foi Descoberta a Cura do Câncer

Todos os boatos tem em comum uma cura simples e barata escondida pela conspiração farmacêutica. Um combo perfeito para convencer as pessoas que estão sendo enganadas pela indústria que mais lucra no mundo. Para se ter ideia, só no ano de 2015, foram lucrados ao todo 105 bilhões de US$ no ramo.

A verdade é que com a cura eles poderiam lucrar o mesmo tanto, ou ainda mais. Porém o câncer é uma doença muito complexa e precisa de um cura complexa.

Existe a famosa “pílula do câncer”, que por anos foi distribuída pela USP. Acreditava-se que a fosfoetalonamina podia curar esse mal. Acontece que os primeiros testes clínicos fracassaram. A pílula continha um ingrediente chamado de monoetanolamina, essa sim apresenta um pequeno efeito anti-tumoral.

Estudos estão sendo realizados, eles exigem tempo e rigor científico. A substância está sendo testada em 10 tipos de tumores, para então ser redirecionada aos efeitos mais promissores. O câncer não é uma única doença, são várias e por isso os estudos são tão complexos.

10. Harvard diz que Peppa Pig faz Mal ao Cérebro das Crianças

O marco zero da notícia foi o Fuerza Informativa, blog espanhol, em abril de 2016. Acontece que eles inventaram tudo! A Harvard nunca fez qualquer estudo relacionado ao desenho animado.

Tudo bem que a Pippa pode ser um pouco medonha, mas causar autismo, como disseram no site, é exagero.  O autismo para quem não sabe, é um transtorno neurológico. As causas são hereditárias e não possuem relação com o desenho.

Por outro lado, estudos realizados na Universidade de Montreal confirmaram que deixar as crianças muito tempo em frente a telinha, causa danos à elas. Entre os efeitos estudados em criança entre 2 e 4 anos são: sedentarismo, dificuldade no aprendizado e nota-se que elas ficaram mais antissociais. Os médicos recomendam: a exposição máxima em televisão, computadores e smartphones deve ser de 2 horas diárias.

Mais visitados: