Dpvat – Quem é obrigado a pagar? Quando e Onde pagar?

Conhecido de muitos motoristas brasileiros, o DPVAT é o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, existente desde o ano de 1974. Tem como principal função indenizar vítimas de acidentes de trânsito – incluindo motoristas, passageiros e pedestres – oferecendo cobertura pot morte, invalidez permanente e gastos médicos e hospitalares.

Atualmente, o DPVAT é administrado pela Seguradora Líder em todo o território nacional, é válido lembrar também que não é preciso de intermédio para recorrer ao Seguro DPVAT, basta a vítima entrar com um pedido de indenização no prazo de até 3 anos após o dia do acidente.

O valor da indenização é pago na conta corrente, poupança da vítima ou beneficiários dentro do prazo de 30 dias após a apresentação da documentação exigida. O valor pode variar de R$ 2.700 em casos de despesas médicas indo até R$ 13.500 em casos de falecimento ou invalidez.

Esse valor de indenização só é possível devido ao pagamento do DPVAT anual dos proprietários de veículos, onde, cerca de 45% do valor é direcionado ao SUS para manter o atendimento médico e hospitalar, 5% é destinado ao Denatran para aplicação em prevenção de acidentes de trânsito, já os outros 50% são utilizados no pagamento das indenizações e reserva de custos.

Quem É Obrigado a Pagar?

[sociallocker id=15][/sociallocker]

.

.

.
Todos os proprietários de veículos automotores são obrigados a pagar o DPVAT. Uma dúvida muito comum para quem possui mais de um veículo é se é possível pagar apenas uma vez equivalendo a todos os automóveis, o que não é possível, pois cada veículo por si pode estar suscetível a ocasionar acidentes quando em uso.

O DPVAT tem que ser pago também pela questão de estar relacionado com o licenciamento anual do veículo, que sem esse pagamento, mantém-se irregular perante as leis.

Esses são os veículos onde o pagamento do DPVAT é obrigatório:

Quando e Onde Pagar o DPVAT?

O pagamento do DPVAT geralmente vem incluído no pagamento do IPVA, se for parcelado, estará incluído na primeira parcela, se for à vista, estará incluído na cota única.

Caso o veículo seja isento de IPVA, não se preocupe, ele será incluído no emplacamento ou no licenciamento anual do automóvel.

Para veículos classificados como a categoria 3, ele é dividido em 3 parcelas de valor fixo, que devem ser pagas consecutivamente ao vencimento das parcelas correspondentes do IPVA.

Se você quer realizar a consulta do seu seguro DPVAT, siga os passos abaixo:

  1. Clique no link a seguir: https://www.seguradoralider.com.br/Seguro-DPVAT/Pague-Seguro – você será redirecionado para uma página dentro do site da Seguradora Líder;
  2. Lá estarão disponíveis as opções de “Saiba Como Pagar” ou de “Consulte seu Pagamento”, selecione uma delas.

Se você selecionou a opção de “Saiba Como Pagar”, escolha seu estado dentro do mapa ilustrado, e então, escolha qual a forma do pagamento: à vista ou parcelado se for um ônibus, micro-ônibus ou lotação com cobrança de frete.

Os demais veículos devem realizar o pagamento somente à vista e nos bancos disponibilizados pela seguradora.

Se quiser consultar seu pagamento, basta preencher as lacunas com a placa correspondente do veículo, estado e selecionar o ano requisitado, dessa maneira você pode ver se há algo pendente no automóvel respectivo.

Mais visitados: